sábado, 29 de maio de 2010

Coisas mal planejadas

Tudo bem que não chega a tanto, mas o sentimento é esse

É impressão, ou o mundo está mal planejado?

-Trens e ônibus deviam ter lugares para todas as pessoas e, eventualmente, se preciso as pessoas ficassem de pé.

Contudo se fica em pé e eventualmente, com muita sorte se consegue um lugar.

-Para o aumento no número de carros, deveria ter um aumento de vias. Mas a tendência é o congestionamento permanente, pra sempre.

-Praças históricas deveriam ser lugares de visitação, lazer e turismo. Moradores de rua deveriam ter condições de sair dessa situação, ou encontrar lares, albergues, e formas que propiciem uma instrução. Porém, eles vivem nos tais lugares históricos, sem estrutura, sem ajuda, sem teto, sem nada.

-Uma das piores são as faculdades públicas que deviam ser usadas por quem estudou em escola pública. Quem estudou em escola privada deveria estudar em Universidades privadas. Ah tolinhos, grandes enganos.

-Assim como o estudo de base deveria ter a prioridade de melhorar a qualidade. Mas não sobra muito para a educação.

-Talvez todos tivessem direito a saúde de qualidade. Mas a saúde é planejada para quem não tem problemas de saúde.

-Com certeza, tudo é só uma pequena falta de planejamento e, COM CERTEZA, vão começar a planejar.

Ou na verdade, tudo já está planejado a muito tempo, para ficar assim.

Pois tudo o que é ruim, tem como prometer que vai melhorar, mesmo sabendo que não vai.

Enquanto isso, no núcleo do poder...

O presidente não sabe se aprova o tal do projeto dos aposentados. O medo é de quebrar tudo, ou a economia brasileira, ou a candidatura da Dilma. Interrogação muito bem feita tanto pela oposição quanto por seus aliados. Isso é o que dá ter PMDB amigo, mas faz parte.

O projeto dos aposentados pode gerar uma custa de 1,7 bilhão no orçamento.

Algo que ainda está começando a pipocar é que a Camara já está com outro projeto de aumento bem bacana. O do Judiciário. Este sim, com pressão forte, pois, para um poder tranquilo de deputados e senadores, sem problemas com a justiça, é preciso dar uma mãozinha.

Reportagem mostra que o reajuste pedido pode chegar a 64 %, e um custo no orçamento de 7,8 bilhões. Vale a pena ver os próximos episódios, pra ver se terá tanta polêmica, ou se vão pensar duas vezes em dar aumento para o funcionalismo jurídico.
Matéria de 28/05 do Jornal Estado de São Paulo: http://migre.me/JQ5y

Um comentário:

JOY disse...

Olááá, td bem?
Bom, como sempre adoro ler seus posts...
Mas como você mesmo disse a tendencia é sempre piorar, não adianta criar uma ilusão achando que em algum momento vai haver melhora!
Eu vi um documentário uma vez que falava um pouco sobre transportes públicos em alguns países subdesenvolvido. Na boa, essa imagem postada no início do post é algo frequente em alguns lugares. Para aliviar a situação e ganhar uma graninha a mais, alguns ciclistas transformaram suas bicicletas em taxi... Pensa na loucura...
Beijo grande
Até o próximo post

http://joycebc.blogspot.com

Bem vindo

Aproveite para criticar, sugerir e ver a vida do modo diferente que ela merece.