terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Mais um aumento

Quando era pequeno, me lembro que o preço da passagem era o mesmo que o de um Kinder Ovo. R$ 1,00. Claro que o mundo mudou, conquistas sociais foram alcançadas, aumento do salário mínimo e também a qualidade dos ônibus em que andamos. O Kinder também está bem caro.

Mas o que mais intriga é o que faz com que uma passagem de ônibus seja tão cara. Em Osasco, e em outras cidades da zona oeste da Grande São Paulo, o valor é de R$ 3,30. O valor, que momentaneamente é maior do que o da capital, é para uma cidade que tem o tamanho 23 menor do que São Paulo e uma quantidade de 677 mil habitantes contra 11 milhões em São Paulo.

A ira de quem anda de transporte público na cidade não se restringe a esse valor alto. Tem muito mais relação com a ideia de que é impossível andar de um lado a outro da cidade sem gastar R$ 6,60. Não há integração, bilhete único, nem nada do tipo na cidade, com a exceção dos benefícios para os idosos. 

O mais estranho é que ao invés de integrar os benefícios e criar uma ação metropolitana, como o nome da região indica, por enquanto, é cada um por si. Confira a matéria sobre o aumento em Osasco, no Blog Mural.

Um comentário:

Joyce Barreto Chicon disse...

E aí Paulo, tudo bom?
Faz tempo que não passava no seu blog.
O meu andei fazendo umas mudanças e o blogscroll sumiu, mas agora já está ok, e o seu blog está na minha lista de recomendados novamente.

Ótimo o post.
Vamos atualizar, heim ;)

Bjão

Bem vindo

Aproveite para criticar, sugerir e ver a vida do modo diferente que ela merece.